Close

Não tem uma conta?

Faça seu registro!
lock and key

Entre na sua conta.

Login

Esqueceu sua senha?

Segunda Etapa do Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014 – Grupo 3!

Segunda Etapa do Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014 – Grupo 3!

E depois de um percurso longo e cheio de imprevistos, finalmente chegamos ao momento final do Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014!

FVM2014_BNesta terceira e última bateria de jogos avaliamos os quatro jogos restantes que passaram para a segunda etapa do FVM2014 – Hora Marcada – Desafio do Covil, Paciente ZeroDissonâncias e Factum na qual contaremos novamente com a participação especial dos juízes convidados para contribuírem com suas opiniões, sugestões e críticas sobre os jogos participantes.

Como nos dois grupos anteriores, cada um destes jogos recebeu avaliações independentes – uma do juiz convidado e outra dos quatro integrantes da Secular disponíveis, ambas de acordo com os seguintes critérios divulgados desde o inicio da brincadeira:

  1. Quão completo é o jogo: o jogo enviado funciona sozinho, com todos os elementos para uma sessão de jogo?
  2. Uso dos temas: o jogo faz um uso concreto e substancial de três dos seis temas apresentados nas regras do concurso? Se o autor optou por usar uma das metas alternativas de design, ele conseguiu executá-la satisfatoriamente?
  3. Afinidade entre Regras e Conceito: o designer foi bem sucedido em sua proposta inicial? As regras representam de maneira apropriada o conceito do jogo? É possível jogá-lo de maneira funcional?
A média das notas do juiz e dos Seculares será a nota final do jogo na segunda etapa do Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014Então vamos logo para as avaliações, e claro, descobrir o jogo campeão deste ano!

Hora Marcada – Desafio do Covil

Este jogo para três jogadores tem uma premissa bastante interessante: em meia hora, cria-se um herói, seu maior inimigo, e o mundo onde eles vivem, de forma sucinta, em uma ficha de jogo. Basicamente, conta-se uma história na qual o vilão rouba o tesouro de maior valor do herói, e este invade o covil do vilão para recuperá-lo. Em uma hora, o herói precisa vencer os monstros e armadilhas para ser vitorioso.

Leia aqui as avaliações completas do Hora Marcada – Desafio do Covil

Juiz Convidado: Encho
  • Quão completo é o jogo: 4,0
  • Uso dos temas: 4,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,0
Eduardo Caetano
  • Quão completo é o jogo: 7,5
  • Uso dos temas: 6,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,0
Rafael Rocha
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 4,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 8,0
Tiago Marinho
  • Quão completo é o jogo: 9,0
  • Uso dos temas: 4,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 6,0
Média Geral
  • Quão completo é o jogo: 7,1
  • Uso dos temas: 4,5
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,0

Nota Final: 6,2

Paciente Zero

Este é um jogo super interessante, que merece continuar sendo desenvolvido, e que certamente os primeiros playtestes darão um bom feeling de pra qual lado ele deve pender.

Leia aqui as avaliações completas do Paciente Zero.

Juiz Convidado: Danilo Kobold
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 4,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 2,0
Eduardo Caetano
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 8,5
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 9,0
Rafael Rocha
  • Quão completo é o jogo: 7,0
  • Uso dos temas: 10,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 8,0
Tiago Marinho
  • Quão completo é o jogo: 7,0
  • Uso dos temas: 8,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 9,0
Média Geral
  • Quão completo é o jogo: 7,5
  • Uso dos temas: 7,6
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,5

Nota Final: 7,5

Dissonâncias

Dissonâncias é um jogo que emula um gênero de ficção bastante popular, e parece acertar muito bem no tom e referências, mas que em termos mecânicos poderia ser muito mais ousado para produzir as relações e situações deste tipo de ficção: a relação próxima, embora às vezes conturbada, entre os investigadores; a dinâmica entre a rotina da “vida comum” e as exigências e consequências da caçada; estes entre muitos outros são elementos que tornariam o jogo realmente único, ao invés de um sistema que tem seu foco apenas no combate (o que não é ruim, o confronto é – e deve continuar sendo – parte importante da caçada!) e que não enfatiza muito além do ataque contra as criaturas, o que o torna, infelizmente, um tanto genérico.

Leia aqui as avaliações completas do Dissonâncias.

Juiz Convidado: Thiago Edwardo
  • Quão completo é o jogo: 7,0
  • Uso dos temas: 8,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 3,0
Eduardo Caetano
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 7,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,0
Rafael Rocha
  • Quão completo é o jogo: 9,0
  • Uso dos temas: 6,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 5,0
Tiago Marinho
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 6,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 4,0
Média Geral
  • Quão completo é o jogo: 7,5
  • Uso dos temas: 7,6
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 7,5

Nota Final: 6,5

Factum

Conciso e fechado em sua proposta, Factum é capaz de proporcionar uma excelente experiência narrativa, e seu sistema pode ser inclusive aproveitado para outros tipos de histórias que não a do mago, com pequenas alterações. Excelente trabalho.

Leia aqui as avaliações completas do Factum.

Juiz Convidado: Julio Matos
  • Quão completo é o jogo: 9,5
  • Uso dos temas: 7,5
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 9,0
Eduardo Caetano
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 7,5
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 9,0
Rafael Rocha
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 9,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 10,0
Tiago Marinho
  • Quão completo é o jogo: 8,0
  • Uso dos temas: 9,0
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 9,0
Média Geral
  • Quão completo é o jogo: 8,3
  • Uso dos temas: 8,2
  • Afinidade entre Regras e Conceito: 8,3

Nota Final: 8,6

E após mais de três meses de criação, discussão e debates encerramos o  Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014 com um empate técnico, de forma semelhante ao que tivemos na primeira edição do FVM em um longínquo 2011. Para surpresa de todos (nós inclusos) dois jogos tiveram exatamente a mesma nota geral de 8,6: O Factum, do Caio Romero, e o Viam Virtute criado pelo Guilherme Rodrigues! Os dois jogos ganhadores do FVM2014 foram seguidos de perto pelo esperto Cool Club do Tiago Junges, que ficou em terceiro lugar com uma nota de 8,06. Parabéns a todos os participantes que chegaram a segunda fase, em especial aos três camaradas acima!

Gostaríamos de pedir desculpas por todos os atrasos e imprevistos no processo, realmente não esperávamos um período tão tumultuado, o que realmente afetou nossa capacidade e velocidade de análise e debate interno dos jogos. Certamente vamos repensar o modelo do Concurso Faça Você Mesmo para os anos seguintes, de forma a tentar fazê-lo em um período menor e com um retorno ainda mais produtivo aos participantes. Por último, mas de forma alguma menos importante, gostaríamos de agradecer novamente aos mais de vinte criadores participantes do Concurso Faça Você Mesmo de Criação de Jogos 2014 pela disposição em focar sua criatividade para participar da brincadeira. Continuamos acreditando de verdade que muito mais importante do que as notas finais foram os esforços e determinação para a criação de um jogo em duas semanas, algo que muitos não conseguiram, e portanto, já é um feito digno de aplausos. Muito obrigado a todos!

Os Vencedores: Factum e Viam Virtute

Embora inicialmente tenhamos sido pegos de surpresa pelo empate entre os dois jogos, logo concordamos que ambos possuíam as mesmas características, sendo em certo sentido “jogos irmãos”: Tanto Factum quanto Viam Virtute possuem uma proposta de experiência muito bem delimitada, com mecânicas que traduzem maravilhosamente bem os temas escolhidos por seus criadores, de maneira elegante, funcional e criativa.

Os caminhos escolhidos em Viam Virtute e Factum pelos seus criadores revelam um modelo que não apenas nos agrada muito, mas que parece ideal para este tipo de concurso de design de jogos em tempo exíguo: uma proposta bem amarrada e contida, que ao invés de tentar proporcionar múltiplas experiências e situações, tem um foco preciso em uma experiência e dedica 100% de seus esforços em traduzi-la através de regras e mecânicas inovadoras e bem amarradas para a mesa de jogo.

E sim, é claro ambos os jogos possuem pequenos problemas e inconsistências, mas ao levarmos em consideração que são protótipos criados em quinze dias, ficamos bem impressionados com as criações do Caio e do Guilherme, e imaginamos o que estes jogos podem se tornar após alguns playtestes e revisões. Por favor continuem trabalhando em seus jogos!

 

 

Um comentário

  • […] Como eu já disse, o FVM2014 foi meu primeiro passo nesse lance de concursos de criação de games e, pelo visto, comecei com o pé direito. Com a revelação das notas da segunda fase, Factum obteve a média de nota mais alta e venceu o concurso! […]