Close

Não tem uma conta?

Faça seu registro!
lock and key

Entre na sua conta.

Login

Esqueceu sua senha?

Os Guerreiros Errantes de Busca Final

Os Guerreiros Errantes de Busca Final

Mais uma segunda-feira, mais um preview do nosso novo lançamento!

Para quem perdeu as últimas notícias, até agora publicamos um texto do Giltônio, principal autor do Busca Final, no qual aborda sua temática e objetivos; uma breve olhada nas regras do jogo e no Baralho do Destino; além da belíssima capa feita pelo Dan Ramos.

No preview desta semana daremos uma olhada nos Guerreiros Errantes, núcleo da narrativa no Busca Final, com direito a discussão dos atributos e como eles são definidos durante a criação do personagem!

Ainda sobre a criação de personagens, traremos na semana que vem o Painel da Saga do Guerreiro Errante e o Painel da Saga da Companhia, grupo formado pelos heróis para descobrirem o que extirpou a magia de Othora. Até lá!

 

5 comentários

  • Esse trabalho está muito bom.
    Pena que vocês não fizeram um trabalho tão bom assim com o C7L. Acho que faltou boa vontade.

    Se quiserem, estou abrindo um espaço na REDERPG pra vocês publicarem uma resenha do material.

    • Rey Ooze disse:

      Pena que você não faça um trabalho bom assim em nada do que bote a mão. Sobra boa vontade, mas falta talento.

      Parabens ao Rocha e ao Giltonio pelo trabalho, como sempre, primoroso.

  • Arquimago disse:

    Achei bem interessante, os dois métodos de criação, mas digo que fiquei receoso do aleatório, falta de usar esse tipo de criação de personagem.

    Eu sei que é um previa, mas “Todo uerreiro errante possui…” segundo parágrafo na primeira página.

    E outra coisa que não entendi, na Convicção se eu tirar, por exemplo, um 3 de paus, fico com modificar de 0?

  • Giltonio disse:

    Olá!

    Que bom que está gostando dos previews, respondendo à sua pergunta: sim, se você tiver um três de paus a Convicção inicial de seu Guerreiro Errante será 4P. 4 (base) +1 (pelo naipe de paus) -1 (pelo valor da carta).

    Tendo outras dúvidas, pode mandar que responderemos!

    Um abraço,
    Giltônio Santos